Sotaques, Edição especial sem cortes XD!

Oi gente!
É o seguinte, no post anterior sobre sotaques, eu tentei resumir ao máximo pra não deixa-lo cansativo, porém não foi o que aconteceu, infelizmente algumas pessoas não gostaram muito do resumo, e por motivo de muito gente estar reclamando não só do outro post mas de outros também, eu decidi refaze-lo. Obs:. vou repetir o outro, porém acrescentar coisas a ele ok?

Sotaques, Edição sem cortes XD!

Os sotaques em geral são mudados pelas diferentes colônizações. Assim os Gaúchos e Catarinenses onde a colônia européia tem forte sotaque é puxado o R. Em Pernambuco colônizado pelos holândeses o sotaque também teve sua influência. No Norte, colônizado pelos Portugueses que deixaram também a marca da sua cultura.Então vamos ver alguns tipos de sotaques…

Barbaridade, tchê!!!

Vou começar com os Gaúchos:

O sul do país passou muito tempo em uma dispulta entre os portugueses e espanhóis, porém na área do Rio Grande do Sul, os princiapais colônizadores foram os italianos, alemãos e portugueses, mas os reais responsáveis por seu sotaque foram os Pampas, ou seja, os seus visinhos de fronteira, uruguaios e argentinos, além deles terem influenciado muito também no modo dos seus vizinhos, passando costumes e maneiras de se vestir por exemplo, outra coisa muito importante são as gírias de origem indígena em sua grande maioria.

Algumas de suas gírias: Baita – palavra usada para designar Muito, outras gírias famosas são o Báh, Tché, Barbaridade e o Tri-Legal (que um leitor me informou que o certo é Tri-Bagual, Muito Obrigado Magno).

Mineiros:

Tenho alguns amigos em Minas e por isso posso dizer que o sotaque mineiro é bem interessante,o jeito de falar dos nosso companheiros é muito legal, pois eles adoram cortar as palavras e imendar com outras, fazendo abreviações engraçadas.

Algumas de suas gírias: Quem nunca ouviu falar do Treem dos mineiros? Palavra usada com o significado de coisa, outras gírias são o Joias, para se perguntas se a pessoa está bem, diaxô, uai…

Ele é mineiro.

Cariocas:

Muito influenciados pelos colônizadores portugueses, os cariocas tem o geito de falar dos lusitanos, com o seu puxado Ch, S e X, e (como Judas pediu para acrecentar) o T como por exemplo: diferen”tch”e.

Algumas de suas gírias: Conto – modo de se referir ao dinheiro, que os gaúchos chamam de Pila, e outras como Aê, Boiola, Bolado, Coé, e muitas outras.

Tem dúvida se é Carioca?

Paulistas:

Pode se dizer que São Paulo não tem um sotaque, pois como é uma metrópole povoada com pessoas de diversas partes, não só do Brasil, mas do mundo, fica meio díficil de distinguir um sotaque proprio, porém uma marca dos paulista é puxar o R.

Algumas de suas gírias: Além de usarem Puta para falar de coisas que tenham um grade número, tamanho, etc. Eles usam Mina, Mano, Uê, entre outras…

Finge que ele é paulista, que ta ruim de achar!

E os Nordestinos:

Minha terra! Nenhum outro sotaque é tão legal a ponto dos próprios tirarem onda como o meu Pernambuquês, o Jeitim de Matuto que é muito massa mermo, o Nordeste foi colônizado também, e primeiramente, pelos holandeses, pegando assim seu modo de falar.

Algumas de suas gírias: Visse(Pernambuco), Oxi(derivação do Oxente), Massa, Leso, Acolá (Ceará), Afolosar, Apartar, Avexado, Baitola, Cagado (com sentido de Sortudo), Cambada, Fulero, Quenga, entre outras.

Luiz Gonzaga.

Assim eu vou encerrando novamente o meu post sobre os sotaques do Brasil, espero que agora tenha sido bom o suficiente, e obrigado pelos “toques”.
Comenta ai sobre seu sotaque, principalmente se eu esqueci de citar.

;*

Anúncios

8 Respostas

  1. Li seu email, realmente está um pouco melhor, agora só falta aprender a escrever “pow campeão jeito com G é phoda,.

    De qualquer forma.
    Att

  2. @Fabio
    Desculpa a falta de atenção pode até perceber que eu escrevi mais 2 vezes corretamente, já está editado. valeu!

  3. Hoho..quando eu aprender o pernambuquês direito, nossas conversas não serão mais de doido. =D

  4. O Pedro, a tua parte do Sotaque gaúcho tem alguns erros. Primeiro o Rio Grande do Sul não foi colonizado primeiro por alemães e italianos, esses só chegarm no fim do século XIX e outro erro crasso foi de dizer que os Gaúchos “pegaram”a cultura dos sesu vizinhos, isso é uma total ignorância, a maior parte da indrumentária gaucha chapéu(açoriano) bombacha(turca) lenço ( português) foram do RS para o Uruguai e a Argentina, exatamente ao inverso do movimento que tu sugeriu além de tu não falar que muito do sotque como o tchê, o guri, o pia e etc.. são de origem indigena dos charruas e minuanos.

    • @Pollux
      Desculpa ai cara, tipo, como eu já venho dizendo eu não tive ajudar de pessoas de todos os lugares do Brasil, então eu pesquisei na net, e foi isso que eu encontrei, me desculpe pelo erro, eu já consertei, e outra coisa eu disse que eles foram muito importantes mas não os primeiros colonizadores, espero que continue me ajudando XD

  5. […] 3º Lugar: As diversidades existentes no Brasil são incríveis e fascinantes, uma dessas diversidades são os Sotaques! […]

  6. amei segue lllá @@!kamyfodinhasa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: